As formas de consumo do café no mundo

As formas de consumo do café no mundo

Consumido em todos os continentes do globo terrestre, a bebida café é consumida de diversas formas pelos países do mundo, sendo que cada cultura tem a sua maneira de preparar a bebida conforme o site Território do Café (2009):

- No Iêmen, a bebida ainda é preparada com os frutos do café ou Qishr (em vez dos grãos), misturados com canela, cardamomo, alho ou gengibre;

- No Oriente Médio, os grãos são de torra escura, pulverizados (moídos até quasevirarem pó – muito fino) e, então, fervidos num ibrik (conhecido também como kanika,tanaka, briki...) com açúcar e aromatizantes (freqüentemente cardamomo) e servidos sem coar. Este modo de preparo é conhecido em português como “Café Turco” (apesar de este tipo de café ser preparado na Grécia, no Egito e no Oriente Médio, mas não na Turquia) ou em inglês como "Greek Coffee". A borra de café que fica no fundo da xícara é usada para ler a sorte de quem degustou a bebida;

- Na Grécia, além do café turco, também se toma um espresso acompanhado de um copo de água gelada;

- Na Itália, o hábito de consumo é do “café romano”, que se trata de um espresso bem forte com raspas de limão;

- Em quase toda a África (principalmente no Sudão), os grãos são de torra escura (torrados em carvão) e são moídos com cravos e outras especiarias, depois é feita a infusão em uma jarra, antes de ser coado e servido em pequenas xícaras;

- Na Índia o café é misturado a açúcar e leite;

- França: Café bem forte misturado ao leite e servido numa xícara grande pela manhã; e café “preto” em xícara pequena após o jantar;

- Os finlandeses preferem o café bem forte e puro. Um café bem quente os ajuda mais a melhor enfrentar o frio que uma bebida alcoólica (já que o álcool dilata os vasos sangüíneos e causa perda considerável de calor);

- Os suecos e holandeses preferem um café de torra média servido com creme;

- Na Alemanha (Acredita-se que o consumo de café supera o de cerveja) toma-se o espresso puro ou com um pouco de leite condensado ou com creme;

- Na Áustria encontra-se o famoso café vienense: café preparado com chantilly;

- Na Inglaterra, apesar de a preferência nacional ainda ser o chá, consome-se café misturado com açúcar branco e brandy flambado;

- Nos EUA e México consome-se o “café americano”, que se traduz por ser um café bastante fraco, com pó de moagem grossa. Servido em xícaras ou copos grandes, possui metade de café (pode ser espresso ou comum) e metade de água quente;

- Na Irlanda consome-se o famoso Irish Coffee: Café bem quente, whiskey irlandês, creme de leite (ou chantilly) e açúcar;

- Na Escócia bebe-se café misturado com açúcar, licor de creme de café, whisky escocês e creme de leite, decorado com Chantilly e pistaches picados;

- Em Cuba o café é tomado sempre extremamente doce. Por vezes, no café da manhã, acrescenta-se leite condensado ao café (Já que o leite fresco é racionado e reservado para as famílias com filhos);

- Na Suíça, toma-se café com Kirsh (Aux-de-vie de cereja);

- No Japão (onde o chá é mais famoso que o café) toma-se (num preparo mais elaborado): café, leite condensado, licor 43, brandy, canela, uma rodela de limão e alguns grãos de café;

- Na Espanha: café misturado com um pouco de licor de creme catalão. Em algumas províncias também é costume acrescentar leite condensado;

- Na Austrália e Nova Zelândia bebe-se o Flat White: 1/3 de espresso e 2/3 de leite vaporizado;

- Na Bélgica toma-se uma espécie de “submarino” sem leite. Trata-se de um café servido com um pequeno pedaço de chocolate, colocado na xícara para derreter quando a bebida quente é nela despejada.